Ivi Hoje - Informação a um Clique!

Portal Ivi Hoje #7Anos Informação a um Clique! 04:55

Corinthians despacha o São Paulo nos pênaltis e avança à final do Paulistão

Rodriguinho, que era dúvida, marca o gol da vitória no tempo normal, e Cássio pega duas penalidades (de Diego Souza e Liziero); primeiro jogo da decisão contra o Palmeiras será neste sábado, em Itaquera

Postada por Silvio Angelo - Ivi Hoje
29/03/2018 às 06:18:00
Cássio foi o cara do jogo, defendendo duas cobranças de pênalti. Imagem: (Globoesporte.com)
O Corinthians será o adversário do Palmeiras na final do Campeonato Paulista de 2018. Nesta quarta-feira, em Itaquera, o Timão despachou o São Paulo na decisão por pênaltis, após devolver o placar de 1 a 0 no tempo normal - gol de Rodriguinho, aos 47 minutos do segundo tempo. Nas penalidades, brilhou a estrela de Cássio, que pegou duas cobranças (de Diego Souza e Liziero).

Mateus Vital, Clayson, Pedrinho, Maycon e Danilo fizeram para o Corinthians, e Rodriguinho errou (Sidão pegou). Lucas Fernandes, Bruno Alves, Reinaldo, Éder Militão marcaram para o São Paulo, e Diego Souza e Liziero erraram (Cássio pegou o chute dos dois).

Desde 2002 o São Paulo não passa pelo Corinthians num confronto de mata-mata. Desde então, o Timão levou a melhor nos seguintes torneios:

Final – Rio-São Paulo 2002;
Semi – Copa do Brasil 2002;
Final – Paulistão 2003;
Semi – Paulistão 2009;
Semi – Paulistão 2013;
Final – Recopa 2013;
Semi – Paulistão 2017;
Semi – Paulistão 2018.

A Federação Paulista realiza nesta quinta, às 11h, o Congresso Técnico das finais do torneio. Serão anunciadas datas, locais e horários dos jogos, assim como os trios de arbitragem. Já é certo que a primeira partida será neste sábado, às 16h30, em Itaquera, para dar tempo de o Palmeiras se preparar depois para o compromisso pela Libertadores contra o Alianza Lima, terça-feira, em casa. O jogo final deverá ser no domingo, 8 de abril, às 16h, na arena do Verdão.

Rodriguinho era dúvida. Passou a semana com dores na coxa direita. Fez teste no vestiário. Foi aprovado. Entrou em campo mesmo sem estar 100%. E deu a vitória ao Corinthians sobre o São Paulo por 1 a 0 com um gol de cabeça, aos 47 minutos do segundo tempo, levando para os pênaltis a decisão da vaga na final do Paulistão. Dos 27 gols do Corinthians no ano, Rodriguinho participou de 11 (5 gols, 4 passes, um pênalti sofrido e um gol contra causado). Na decisão por pênaltis, porém, bateu mal. E Sidão pegou sua cobrança, à meia altura, no canto esquerdo. Sorte dos corintianos que Cássio pegou duas cobranças (de Diego Souza e Liziero).

Fabio Carille cumpriu o prometido e foi até o vestiário do São Paulo antes do jogo para levar a escalação do Corinthians para Diego Aguirre. No vídeo, é possível ver o técnico do Corinthians voltando com a escalação do São Paulo. Ambos encerraram, assim, qualquer tipo de problema que possa ter ficado do primeiro encontro, no domingo, quando Carille reclamou por não ter sido cumprimentado por Aguirre antes do jogo.

O Corinthians teve muita dificuldade para passar pela forte marcação do São Paulo. Rodriguinho nitidamente não jogou em plenas condições físicas, e o Timão sentiu falta de uma maior participação de seu principal jogador. Com o meio muito fechado, Carille tentou furar o bloqueio rival pelos lados, sobretudo com Clayson em cima de Militão. A equipe cresceu somente depois dos 20 minutos. Emerson Sheik teve duas chances em finalizações dentro da área, mas errou o alvo.

No segundo tempo, Carille ainda levou 15 minutos até mandar Pedrinho a campo, no lugar de Gabriel. E aí virou ataque (Corinthians) contra defesa (São Paulo). O Timão tinha muito mais posse de bola, mas não conseguia furar o bloqueio da defesa tricolor. Sidão mal trabalhou. No desespero, Carille ainda mandou Danilo a campo, na tentativa de ganhar algo no jogo aéreo. E o gol acabou saindo num escanteio, já aos 47, com Rodriguinho, de cabeça.

O São Paulo entrou em campo com a mesma formação do primeiro jogo, mas marcando mais em cima. Com forte marcação, os visitantes correram pouco perigo na defesa nos primeiros 30 minutos. Liziero era o grande destaque, mas Nenê também comandou bem o meio de campo, e Tréllez teve a melhor chance da etapa inicial, mas parou em Cássio. Com o tempo, o Corinthians foi avançando, e o São Paulo recuando. Ainda assim, o Tricolor conseguiu segurar o empate.

No segundo tempo, Aguirre perdeu Nenê, cansado, e o time perdeu sua referência no meio. Com isso, o Corinthians foi avançando, com mais posse de bola. Mas o sistema defensivo do Tricolor soube suportar a pressão. Até os 47... quando, num escanteio, Rodriguinho apareceu entre Militão e Bruno Alves para marcar, de cabeça.

A primeira metade da etapa inicial foi do São Paulo, marcando em cima, sem dar espaços. Nenê quase fez um gol olímpico, e Tréllez teve a melhor chance, cara a cara com Cássio, mas o goleiro levou a melhor. O Corinthians só foi melhor na segunda metade, quando teve mais paciência e inteligência para rodar a bola e chegar à área tricolor. Ainda assim, sem conseguir criar uma chance clara de gol.

No segundo tempo, logo aos 5, Nenê quase abriu o placar com um chutaço de fora da área que beliscou a trave esquerda de Cássio. No geral, porém, a bola ficou muito mais com o Corinthians, que rondava a área tricolor, sem conseguir furar a defesa adversária. O Timão terminou o jogo com 70% da posse de bola, mas nenhuma grande chance clara de gol. Até que, aos 47, surgiu Rodriguinho. De cabeça, ele completou escanteio cobrado por Clayson, fazendo o gol da vitória corintiana no tempo normal.
Fonte - Globoesporte.com

Envie seu Comentário
Antes de escrever seu comentário, Atenção! Nós não publicamos comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Nome
E-mail
Comentário
Publicidade

Acha que foi bloqueado por alguém no

 WhatsApp? Saiba como descobrir

WhatsApp? Saiba como descobrir

Publicidade

Vídeos

Fique por dentro dos melhores vídeos.

Publicidade

Classificados

Publicidade