Ivi Hoje - Informação a um Clique!

Informação a um Clique! 20:46

Homem espanca, mata mulher e diz que ela se jogou do carro

O namorado levou a vítima gravemente ferida até o hospital e disse aos policiais que a mulher prometeu se jogar do veículo caso ele terminasse o relacionamento

Postada por Silvio Angelo - Ivi Hoje
03/02/2018 às 07:09:00
O Homem foi preso em Presidente Epitácio/SP. Imagem: (Arquivo Pessoal)
Cesar Riquelme de Oliveira, de 37 anos foi preso na noite desta sexta-feira (02) em Presidente Epitácio/SP. Ele é apontado pela Polícia Civil de ter assassinado a namorada Maiara Cristina Martins da Silva de 31 anos, no dia 31 de janeiro deste ano em Bataguassu/MS.

Segundo informações obtidas com o delegado titular da Polícia Civil, Nilson Fonseca Martins e do delegado adjunto que atendeu a ocorrência, Guilherme Scucuglia Cezar, o suspeito espancou violentamente a namorada e depois mentiu aos policiais que ela teria se jogado do carro durante uma discussão do casal.

Por volta das 01h45 do dia 31 de janeiro de 2018, Cesar Riquelme chegou ao hospital de Bataguassu com a vítima, Maiara Cristina que estava gravemente ferida. Ela apresentava traumatismo craniano grave, além de ferimentos pelo corpo. A equipe médica de plantão disse que o homem deixou a paciente no local e saiu da unidade de saúde sem dar muitas explicações.

A Polícia Militar foi chamada e uma equipe da Rádio Patrulha, após conseguir identificar Cesar Riquelme, localizou o suspeito que contou uma versão sobre o caso.

Cesar Riquelme declarou que tinha discutido com a namorada e no meio dessa briga ele resolveu terminar. Segundo o suspeito, o casal estava em um carro e ela não aceitava o fim do relacionamento. Enquanto os dois estavam em um veículo seguindo pela MS-395, no sentido Santa Rita do Pardo, Cesar Riquelme disse que Maiara se jogou do veículo que estava em alta velocidade. O homem continuou dizendo aos policiais, que parou o carro e voltou para socorrer a mulher e que alguns viajantes desconhecidos também pararam para ajudar.

Na versão do suspeito, Cesar colocou a vítima no carro e levou até o hospital para ser socorrida.

O homem foi levado até a delegacia de Polícia Civil e após prestar depoimento, contando a mesma versão, ele foi liberado.

Maiara Cristina foi transferida para o hospital de Três Lagoas ainda no dia 31 de janeiro devido a gravidade dos ferimentos, mas ela não resistiu e veio a óbito por volta das 03h30 do dia 01 de fevereiro.

A partir da morte da mulher que o caso tomou outro rumo.

CONTRADIÇÕES
Ao receber o caso, o delegado adjunto da Polícia Civil de Bataguassu/MS começou a investigação e após receber os laudos médicos sobre as lesões de Maiara Cristina, foi constatado que ela teria sido violentamente espancada. Testemunhas da noite do crime, também deram versões que confrontavam a história que Cesar Riquelme contou a polícia.

Segundo o boletim de ocorrência, testemunhas disseram que na noite que antecedeu o crime, o casal estava em uma conveniência ingerindo bebida alcoólica até por volta das 00h30 e depois os dois saíram do local, tomando rumo ignorado.

O carro em que o casal estava foi apreendido para perícia e os peritos criminais encontravam vestígios de sangue no veículo que confrontavam a versão de Cesar Riquelme.

Devido a essas evidências, o delegado pediu que os policiais fossem até a casa do suspeito para que ele pudesse prestar novo depoimento. Cesar Riquelme não foi encontrado e a polícia descobriu que ele teria fugido para a cidade de Presidente Epitácio/SP onde ele tem uma loja de conveniência.

A Polícia Civil, através dos dois delegados pediram a prisão preventiva do suspeito que foi concedida pela Comarca da Vara Criminal de Bataguassu.

Os delegados conseguiram entrar em contato com a polícia da cidade paulista e na madrugada deste sábado (03), Cesar Riquelme foi preso. Ele vai ser transferido ainda na madrugada para Bataguassu.

A vítima, Maiara Cristina era filha de um bombeiro aposentado. Cesar Riquelme já tem passagens pela polícia por violência doméstica registrados nos anos de 2006, 2015 e 2017, além de uma ameaça em 2017.
Por Patrulha News

Envie seu Comentário
Antes de escrever seu comentário, Atenção! Nós não publicamos comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Nome
E-mail
Comentário
Publicidade

Mãe e filha saem ilesas de capotamento

ocorrido próximo ao Rio Ivinhema MS-276

ocorrido próximo ao Rio Ivinhema MS-276

Publicidade

Vídeos

Fique por dentro dos melhores vídeos.

Publicidade

Classificados

Publicidade