Dois morrem e três ficam feridos em queda de ponte entre MS e Paraguai

Cb image default

Uma ponte que fica na divisa do Paraguai com o Brasil, em Mato Grosso do Sul, caiu na madrugada de hoje - sexta-feira, 11 - e provocou a morte de duas pessoas, além de deixar outras três feridas.

O acidente aconteceu nas proximidades da cidade brasileira de Coronel Sapucaia (MS) e há ainda uma vítima desaparecida sob os escombros do acidente. Segundo informações da polícia paraguaia, a estrutura, que foi inaugurada em abril do ano passado, cedeu deixando uma cratera na rodovia. Como se tratava de uma curva, os motoristas não perceberam o problema, caindo no precipício. As primeiras investigações da polícia indicam que a chuva pode ter sido responsável pelo acidente, mas a perícia ainda irá investigar o caso.

A ponte ficava sobre o Arroyo Lorito, na cidade paraguaia de Cruce Tacuatí, e dois caminhões, além de uma SUV, caíram no precipício após a ponte ter cedido. Após o acidente, diversas pessoas foram até o local e registraram imagens e vídeos que circulam nas redes sociais de moradores locais no Paraguai.

As informações da polícia paraguaia dão conta que a SUV Kia Sorento era pilotada por um técnico em refrigeração, identificado como Juan Agripino Galarza González, de 32 anos e que ficou ferido, sendo encaminhado para o hospital nas redondezas. Também estava no veículo o veterinário Fernando Manuel Fernández Villalba, de 35, que também ficou ferido e levado para a mesma unidade hospitalar. Já Maria Wilma Villalba de Fernandez, de 63 anos, que era uma das passageiras do veículo, está desaparecida nos escombros da ponte.

Em outro veículo, uma carreta Volvo, estava o motorista Juan Javier Alarcón Riquelme, 28, que foi socorrido às pressas para um Hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. O outro morto no acidente foi Denis Leonardo Diáz Leon, de 19 anos, que ficou preso às ferragens de uma Mercedes-Benz e acabou morrendo.

O condutor, Rodney David Areco Riquelme, de 28 anos, está hospitalizado após sofrer ferimentos. Um inquérito policial foi aberto no Paraguai e irá investigar a construção e os motivos da queda da ponte. O trecho da rodovia está interditado e sofreu uma alteração de rota para os motoristas da área.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.