Publicado em 08/06/2021 às 09:38, Atualizado em 08/06/2021 às 13:40

Morre paciente com Covid transferida para Rondônia por falta de vagas em MS

Nice Menani era de Dourados e morreu na noite de segunda-feira (07). Ela havia sido levada para Porto Velho na sexta-feira (04).

Da Redação, Ivi Hoje, Por G1/MS
Cb image default

Transferida de Mato Grosso do Sul para Rondônia devido a falta de vagas para pacientes com Covid, Nice Menani morreu na noite de segunda-feira (07), em Porto Velho.

Nice era moradora de Dourados e havia sido levada para a capital rondoniense na sexta-feira (04), junto com outros seis pacientes da cidade. Um dia antes, uma moradora de Bonito tinha sido transferida também para Porto Velho.

No domingo (05), cinco pacientes de Mato Grosso do Sul com casos graves de Covid-19 decolaram em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), rumo a São Paulo. Já segunda-feira, dois infectados pelo novo coronavírus também foram levados para São Paulo.

Covid em MS

Segundo os últimos dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), nessa segunda, foram confirmados mais 1.650 casos novos e 63 mortes; as UTIs estão com ocupação de 109% e o estado está mandando pacientes graves para outras unidades da federação.

Além de grande número de infectados e mortes, o estado registra uma superlotação nos hospitais. Nesta segunda, 1.303 pacientes estão internados, sendo 751 em leitos clínicos e 552 em unidades de terapia intensiva (UTIs).

Até segunda, Mato Grosso do Sul tinha uma fila com 271 pacientes com Covid ou suspeita de que estão com a doença na fila por um leito clínico ou de UTI nos hospitais.

A Central Estadual de Regulação de Mato Grosso do Sul está levantando a possibilidade de novas transferências. O estado realiza tratativa para a transferência de pacientes para o município de São Bernardo do Campo (SP) e para o Amazonas.