Publicado em 11/04/2021 às 10:28, Atualizado em 11/04/2021 às 14:33

Professora é morta a pauladas por ex que não aceitava fim do relacionamento

Filho do casal, de 12 anos, jogava videogame e presenciou o crime

Da Redação, Ivi Hoje,
Cb image default
Thelma trabalhava como professora em Sidrolândia. (Foto: Facebook)

Professora identificada como Thelma Rabero foi morta a pauladas na noite deste sábado (10), em Sidrolândia, depois de ser atacada por Jadir Souza da Silva, de 51 anos, homem com quem foi casada por 18 anos e que não aceitava o fim do relacionamento. O crime aconteceu na frente do filho do casal, um menino de 12 anos.

Segundo informações do site Região News, Thelma e Jadir começaram a discutir, quando o suspeito partiu para cima dela e passou a agredi-la. O filho dos dois estava no quarto jogando videogame quando ouviu os gritos da mãe.

A professora foi arrastada para os fundos da residência, onde foi atingida por várias pauladas. Depois de matá-la, o criminoso fugiu do local e agora, está sendo procurado pela polícia.

Familiares contaram que há tempos a vítima tinha intenção de terminar o relacionamento, no entanto, era ameaçada pelo suspeito, que dizia que se não fosse com ele, Thelma não ficaria com mais ninguém.