Covid-19: Ivinhema e mais 7 cidades estão na bandeira vermelha

Conforme o secretário de Estado, Eduardo Riedel, a maioria das cidades predomina a cor amarela, com grau tolerável de risco

Cb image default

O Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) publicou um novo mapa de risco da Covid-19 em Mato Grosso do Sul e mostrou que o estado teve melhora em relação à taxa de transmissão para a doença. Apenas oito cidades seguem em grau vermelho.

Conforme o secretário de Estado, Eduardo Riedel, a maioria das cidades predomina a cor amarela, com grau tolerável de risco para transmissão do coronavírus.

No último boletim do programa, 18 cidades estavam em alto risco para a doença, com bandeira vermelha. Agora, 10 cidades tiveram melhora e foram para a bandeira laranja. Seguem na bandeira vermelha: Campo Grande, Chapadão do Sul, Coxim, Dois irmãos do Buriti, Ivinhema, Jardim, Rochedo e Três Lagoas.

No mais, 30 cidades estão com bandeira laranja e 41 em bandeira amarela, com grau de nível tolerável para a transmissão do vírus.

Durante a live de divulgação do Prosseguir, realizada a cada 15 dias, o secretário também pontuou que a aplicação da 3ª dose para novos públicos deve acontecer somente em 2022. “É possível abrir para outros públicos. Os técnicos da Saúde discutem para 2022 e o Estado não vai medir esforços para seguir essas orientações. Mas no momento, a prioridade é a 2ª dose e identificar quem não tomou a 1ª”, disse Riedel.

Conteúdo - Midiamax

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.