Publicado em 11/04/2021 às 18:40, Atualizado em 11/04/2021 às 22:43

Família rouba corpo de parente com Covid-19 para fazer enterro

Homem morreu enquanto estava internado. Grupo acabou por provocar danos na unidade hospitalar.

Da Redação, Ivi Hoje,
Cb image default

Uma família da Colômbia ‘roubou’ o corpo de um familiar do hospital onde ele havia morreu com Covid-19. O objetivo era (só) levar os restos mortais do homem até o cemitério, para “oferecer a ele um enterro cristão”, mas, pelo caminho, o grupo quebrou a porta da unidade hospitalar.

Segundo o site colombiano RCN, tudo aconteceu na quinta-feira, dia 8 de abril no estado de Magdalena. O governador já considerou o ato como “vandalismo” e não aceita o pedido de desculpas público da família, visto que, esta colocou os restantes cidadãos em perigo, ao não cumprir as medidas sanitárias decretadas devido à pandemia.

“Vamos pedir à Procuradoria-Geral da República que proceda à investigação da omissão cometida pelas autoridades municipais”, disse Carlos Caicedo.

Já a família garante que vai angariar, junto da comunidade onde mora, dinheiro para pagar os danos ao hospital.

Num vídeo já amplamente compartilhado nas redes sociais é possível ver o grupo a levar o corpo, numa maca. De acordo com a RCN, do hospital ao cemitério foram sete quarteirões.

Este es el momento en el que los familiares del difunto, Ramón Eliecer Quintero, sacaron sus restos, de manera violenta, de las instalaciones del Hospital San Rafael de Fundación, Magdalena, donde recibía asistencia médica. pic.twitter.com/zPjd3RxMrO

— Conexión Magdalena (@conexionmagdale) April 8, 2021