Ivinhema entra na Bandeira Laranja, com grau médio de risco para Covid-19

32 municípios estão na bandeira vermelha, 41 na laranja e 6 na amarela

Cb image default

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) anunciou nesta quarta-feira (21) o novo bandeiramento dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul no Programa de Saúde e Segurança na Economia (PROSSEGUIR). Dourados saiu da classificação de bandeira vermelha, de alto risco de contaminação por Covid-19, para a bandeira laranja, com risco médio.

Na nova classificação. 32 municípios estão na bandeira vermelha, 41 na laranja e 6 na amarela. Nenhum município foi classificado no grau de extremo risco sinalizado pela bandeira cinza. A atualização leva em conta os dados referentes a 28° semana epidemiológica e as recomendações são válidas para o período de 22 de julho a 04 de agosto de 2021.

Na avaliação do secretário de Infraestrutura e também presidente do Comitê Gestor do Prosseguir, Eduardo Riedel, o novo cenário é reflexo das diversas medidas implementadas pelo Governo do Estado, aliadas ao avanço da imunização dos sul-mato-grossenses. "O que estamos verificando neste relatório é o resultado do avanço da vacinação e das atitudes dos gestores municipais diante das orientações do Prosseguir e realidades locais", destaca.

Na bandeira vermelha, com recomendação para o funcionamento apenas de atividades essenciais e não essenciais de baixo risco, estão as cidades de Campo Grande, Água Clara, Anastácio, Antônio João, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Bonito, Caracol, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Inocência, Jaraguari, Jardim, Ladário, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Paranaíba, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia e Terenos.

Pela classificação laranja do Prosseguir que recomenda atividades essenciais e não essenciais de baixo e médio risco, estão: Alcinópolis, Amambai, Anaurilândia, Angélica, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bela Vista, Bodoquena, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Cassilândia, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Dourados, Eldorado, Fatima do Sul, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Juti, Laguna Carapã, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sete Quedas, Sonora, Tacuru, Três Lagoas e Vicentina.

Elencada como grau tolerável, a bandeira amarela que propõe o funcionamento de atividades essenciais e não essenciais de baixo, médio e alto risco, estão Douradina, Glória de Dourados, Jateí, Novo Horizonte do Sul, Rochedo e Taquarussu.

No comparativo com o quadro anterior do Prosseguir, apenas 13 cidades regrediram de bandeira, 31 progrediram e 35 permaneceram na mesma classificação. Criado há exatos 13 meses, o Programa de Saúde e Segurança na Economia (PROSSEGUIR) tem como objetivo estruturar um método baseado em dados, informações e indicadores capazes de nortear os diversos agentes da sociedade, principalmente os entes públicos, a tomarem suas decisões e tornarem suas ações mais eficientes no combate à propagação e aos impactos da Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.