MPE abre inquérito para investigar assédio de professor a aluna em Nova Andradina

Importunação sexual

Cb image default

Prints das mensagens foram entregues à polícia de Nova Andradina - Crédito: Jornal da Nova

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Nova Andradina, instaurou Inquérito Civil na quinta-feira (12/5) para apurar suspeita de violação de princípios administrativos, relacionados a assédio sexual de alunas da Escola Municipal Efantina de Quadros.

Na quarta-feira (11/5), a mãe de uma aluna divulgou prints de conversas feitas pelo homem com a menor através das redes sociais.

O promotor de Justiça Paulo Henrique Mendonça de Freitas, que está à frente das investigações, considera que constitui ato de improbidade administrativa todo aquele que atente contra os princípios da administração pública, violando os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade das instituições públicas.

Segundo ele, o procedimento está sob sigilo, tendo em vista a necessidade de proteção da intimidade e da imagem das possíveis vítimas da conduta do investigado, especialmente por envolver menores de 18 anos de idade.

Entenda o caso

Mulher de 37 anos foi até a DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Nova Andradina denunciar o fato ocorrido contra a filha dela, de 15 anos.

As investigações são tratadas como crime de importunação sexual cometido por meio de redes sociais, segundo publicado pelo Jornal da Nova.

A mulher entregou prints de mensagens de cunho sexual que a filha recebeu.

“Minha filha estudou nesta escola desde pequena, a gente confia nos professores e quem trabalha na instituição e agora ele se aproveitando da condição de diretor para ficar galanteando menores”, disse a mãe da menina, segundo o portal.

As mensagens, começaram em janeiro deste ano.

A Semec (Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura) daquele município, informou que um PAD (Procedimento Administrativo Discipular) contra o homem foi aberto e ele já está afastado das funções.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.