Mais 13 convidados de casamento com show de Jads e Jadson são reconhecidos e multas passam de R$ 328 mil

Fotos e vídeos da festa ajudaram na identificação de mais pessoas; perícia continua

Cb image default
Via Campo Grande News

A análise de fotos e vídeos do casamento realizado em fazenda na cidade de Maracaju, no último fim de semana, permitiu o reconhecimento de outras 13 pessoas que participaram da festa não autorizada pelos órgãos competentes, em plena pandemia. Ao todo, 38 pessoas já foram identificadas e mais de R$ 328 mil em multas foram aplicadas pela prefeitura.

Em nota, a prefeitura reafirma que a festa que celebrou a união do casal Giovani Sartori e Maria Lúcia Lima, segundo apurado pela reportagem, “foi uma desobediência ao decreto municipal, que proíbe eventos e qualquer tipo de aglomeração”. A festa contou até com show sertanejo da dupla Jads e Jadson.

Ainda segundo a prefeitura, o trabalho para identificar mais pessoas que estavam na festa continua. Os fiscais estão identificando estes indivíduos e também as empresas que prestaram algum tipo de serviço.

Após a repercussão negativa da realização do casamento, o dono do buffet contratado pelos noivos, assim como o empresário da dupla Jads e Jadson, se posicionaram sobre o ocorrido. Conforme a prefeitura, foram aplicados R$ 328.646 mil reais em multas, até o momento.

Sigilo – Mais cedo, o delegado responsável pelo caso, Guilherme Sarian, afirmou que só voltará a comentar o assunto após o fim do inquérito. “De início, os fatos foram publicizados para servir de alerta. Vamos manter em sigilo, como qualquer outra investigação, sem passar informações, diariamente, à imprensa”, explicou.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.