Mulher encontra 'super-maconha' embaixo da cama do irmão, morto por covid-19

Sete pacotes da droga estavam embaixo da cama do homem morto

Cb image default
Pacotes da supermaconha foram apreendidos pela polícia. (Foto: Polícia Militar)

Mulher de 39 anos procurou a polícia na manhã desta sexta-feira (4), em Dourados, depois de sentir forte cheiro de maconha no quarto do irmão, um homem de 37 anos que morreu vítima da covid-19 no Hospital da Vida. A descoberta aconteceu enquanto ela procurava documentação para fazer a liberação do corpo do rapaz.

De acordo com informações da Polícia Militar, depois de receber o chamado, policiais foram até a casa, no Jardim São Pedro, e encontraram 7 pacotes de skunk embaixo da cama do homem. Ao todo, a droga que é conhecida como supermaconha pesou 2,7 quilos.

À polícia, a mulher contou que mora em Campo Grande e teria ido até Dourados depois da morte do irmão. Ela entrou na casa para procurar os documentos do rapaz.

A polícia identificou o locatário do imóvel no contrato de aluguel e deve chamá-lo para prestar depoimento. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Dourados e será investigado pela Polícia Civil.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.